Tiago Cação volta a ficar muito perto do primeiro título de singulares da carreira

Tiago Cação (623.º do ranking ATP) lutou muito e esteve pertíssimo mas ainda não foi desta que o conseguiu: o tenista português foi derrotado na final de singulares do ITF de 15 mil dólares de Monastir, Tunísia, onde procurava o primeiro título da carreira no circuito internacional.

Depois de um começo sem reação frente a Lucas Catarina (503.º), o tenista do Centro de Alto Rendimento da Federação Portuguesa de Ténis conseguiu entrar no jogo e de tal forma recuperou terreno que chegou a dispor de três match points ao 5-4 do terceiro set, mas não conseguiu aproveitar nenhuma das ocasiões e acabou por perder por 6-0, 4-6 e 7-5 para o monegasco, quinto cabeça de série.

O encontro concluiu-se com a quinta quebra de serviço de Catarina quando estavam decorridas 2h32.

A final deste domingo foi a sétima perdida por Tiago Cação no circuito internacional, onde continua à procura do primeiro título da carreira na variante individual. No entanto, o jovem tenista português de 21 anos tem razões de sobra para sair feliz de Monastir, a localidade onde conquistou os primeiros triunfos da nova temporada e voltou a garantir um lugar em encontros decisivos.

Total
11
Shares
Total
11
Share