Rui Machado repete convocatória para o play-off do Grupo Mundial I da Taça Davis

Belarus Tennis

A exatamente um mês do regresso à competição, a Federação Portuguesa de Ténis anunciou a convocatória de Rui Machado para o embate entre Portugal e Lituânia em Siauliai, relativo ao play-off do recém-reformado (e renomeado) Grupo Mundial I da Taça Davis.

Não há quaisquer surpresas na decisão do capitão nacional, que repetiu o quarteto da eliminatória anterior: João Sousa, Pedro Sousa, João Domingues e Frederico Silva — os quatro melhores classificados no ranking ATP.

Portugal e Lituânia vão defrontar-se nos dias 6 e 7 de março em Siauliai. Em jogo está a participação nas eliminatórias do Grupo Mundial I (com os países que percam entretanto nas Davis Cup Qualifiers) ou a descida às eliminatórias do Grupo Mundial II (contra as nações que vençam o play-off equivalente), ambas marcadas para setembro.

Em 2019, a seleção nacional masculina perdeu as duas eliminatórias que disputou e ambas fora de portas: primeiro com o Cazaquistão, para as Davis Cup Qualifiers, e depois com a Bielorrússia, para o Grupo I, numa eliminatória que suscitou polémica e terminou com a aplicação de uma multa à equipa da casa pela violação dos regulamentos da construção dos courts. Foi o 21.º desaire nas últimas 25 eliminatórias disputadas fora do território português desde o início do ano de 2000.

Os renovados Grupos Mundiais I e II fazem parte de um conjunto de alterações significativas ao formato da Taça Davis levadas a cabo pela Federação Internacional de Ténis nos últimos anos.

O anúncio foi feito em setembro e alterou a participação nesta fase da competição de continental a mundial: no caso da seleção portuguesa, deixa de ter como únicos adversários possíveis países da Europa e de África para passar a poder medir forças (e a viajar) com qualquer país do mundo que também esteja nesta “divisão”.

Total
6
Shares
Total
6
Share