Francisca Jorge arrasa e assina primeira vitória de Portugal nos singulares

À terceira foi mesmo de vez: Francisca Jorge foi bem sucedida no encontro desta quinta-feira e registou a primeira vitória da seleção nacional feminina na variante de singulares, deixando empatado o confronto da Pool B do Grupo II da Fed Cup entre Portugal e Finlândia. No entanto, a equipa liderada por Neuza Silva já sabe que terá de disputar o play-off para não descer.

Tricampeã nacional, a jogadora vimaranense de 19 anos (atual 561.ª do ranking WTA) reagiu bem à terceira chamada para ir a jogo na variante individual e impôs-se de forma clara à tenista da casa Oona Orpana (479.ª), vencendo por 6-3 e 6-3 em 77 minutos.

Foi o quinto triunfo de Francisca Jorge em encontros de singulares na Fed Cup e seguiu-se ao desaire de Maria Inês Fonte no embate inaugural da jornada, em que Portugal precisava de três vitórias para ainda conseguir assegurar a manutenção esta quinta-feira.

Apesar de já não conseguir chegar a uma das duas primeiras posições da Pool B, que dariam acesso ao play-off de promoção ao invés do de manutenção, Portugal ainda pode terminar a fase de grupos com uma vitória. Para isso, terá de sair por cima do encontro de pares com a Finlândia.

A capitã Neuza Silva chamou Maria Inês Fonte e Francisca Jorge para esse duelo, enquanto Emma Laine convocou Ella Haavisto e Laura Hietaranta, mas quer uma quer outra selecionada poderão proceder a alterações no alinhamento.

Total
8
Shares
Total
8
Share