Festa a começar o ano: Nuno Borges campeão do ITF de Monastir

Melhor era impossível: Nuno Borges estreou-se esta semana na nova temporada e só parou com o título de campeão nas mãos, ao somar cinco vitórias em cinco encontros para vencer o ITF de 15.000 dólares jogado em Monastir, na Tunísia.

Na final deste domingo, o tenista português de 22 anos (número 673 do ranking ATP) derrotou o belga Zizou Bergs (556.º) por 6-4 e 7-6(6) depois de 1h53.

Depois de uma entrada em falso no encontro ao ser quebrado logo no primeiro jogo, o jovem maiato foi paciente e aproveitou a segunda oportunidade de que dispôs para, ao sexto jogo, restabelecer a igualdade. E voltou a levar a melhor no serviço do belga para fechar o parcial inaugural.

No segundo, o atual número nove português voltou a ser o primeiro jogador a ceder o serviço mas reagiu de imediato e recuperou terreno, de tal forma que ao 5-4 dispôs das primeiras oportunidades para fechar o encontro. Só que Zizou Bergs não desistiu e salvou dois match points, obrigando Nuno Borges a um tie-break em que o atleta da Escola de Ténis da Maia ainda teve de salvar um set point antes de fechar de vez a contenda.

O título conquistado em Monastir traduz-se no sétimo título da carreira para Nuno Borges na variante de singulares, depois de duas vitórias em 2017 (Setúbal e Idanha-a-Nova), duas em 2018 (Caldas da Rainha e Pensacola) e duas em 2019 (Setúbal e Idanha-a-Nova).

Atualizado às 11h11.

Total
14
Shares
Total
14
Share