Federer sobrevive ao susto e afasta fantasma de 2018 para chegar à quarta ronda

Fotografia: Australian Open

Absolutamente épico. John Millman e Roger Federer entraram, esta sexta-feira, diretamente para a lista de candidatos a jogo do ano. Numa partida que terminou às 00h49 locais, o helvético conseguiu uma recuperação de última hora para se manter vivo na prova, com os parciais de 4-6, 7-6(2), 6-4, 4-6 e 7-6(8).

O encontro teve de tudo um pouco. Millman jogou muito, Federer nem tanto (os 80 erros não forçados falam por si), mas apelou ao espírito de sobrevivência para se manter em competição.

Federer entrou a frio, com um primeiro set com vários erros, e Millman aproveitou para castigar o suíço. O segundo set melhorou ligeiramente e permitiu a Federer igualar.

O susto inicial parecia ultrapassado e o helvético conseguiu triunfar no terceiro set. Tudo parecia bem encaminhado para o número 3 mundial, mas Millman não se deu por vencido e os erros de Federer voltaram a aparecer.

A noite continuou a avançar nos céus de Melbourne e os dois entraram num quinto set emocionante. Millman parecia fresco fisicamente e estava capaz de ameaçar os jogos de serviço de Federer.

O australiano chegou a conseguir o break, mas o suíço respondeu de imediato. Só o tie-break os pôde separar e Millman, com uma vantagem de 8-4 (com dois mini breaks à maior), parecia pronto para iniciar as celebrações. Mas Federer, que nunca se pode dar por vencido até ao último ponto, iniciou a recuperação e venceu os seis pontos seguintes para conquistar o triunfo.

De regresso à quarta ronda, Roger Federer vai defrontar Marton Fucsovics, que bateu Tommy Paul em três sets.

Atualizado às 14h31.

Avatar
Adepto do desporto em geral mas com especial carinho pela "bolinha saltitona". O bichinho surgiu ainda Rafael Nadal não tinha mangas e não mais saiu. Chegada a oportunidade do Raquetc, juntamente com a minha ambição de ser jornalista, foi fácil aceitar juntar-me à equipa.