Tal como a Bélgica, também o Canadá pode respirar de alívio: está nos quartos de final da ATP Cup

Com as respetivas participações na fase de grupos da ATP Cup já concluídas, Bélgica e Canadá tiveram de sofrer até aos últimos instantes até verem ser confirmado aquilo que tanto desejavam: a passagem aos quartos de final da nova competição por equipas que lança a época no circuito masculino.

Os belgas foram os primeiros a celebrar mas ainda assim precisaram de esperar várias horas: só com a vitória de Kevin Anderson sobre Benoit Paire (que até teve um match point) é que foram confirmados como uma das duas melhores equipas a terminar no segundo lugar.

A última vaga foi entregue ao Canadá, que precisou de sofrer mais um bocadinho: inseridos no “grupo da morte” da competição — derrotaram a Alemanha de Alexander Zverev e a Grécia de Stefanos Tsitsipas mas perderam para a Austrália de Alex de Minaur e Nick Kyrgios —, Denis Shapovalov, Félix Auger-Aliassime e companhia só tiveram razões para celebrar ao fechar do pano: tudo porque a já apurada Argentina nunca baixou os braços e mesmo no encontro de pares (em que perdeu o primeiro set) conseguiu impôr-se à Croácia.

Alinhamento dos quartos de final:

— Sérvia vs. Canadá
— Argentina vs. Rússia
— Grã-Bretanha vs. Austrália
— Bélgica vs. Espanha

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a histórias, a recordes. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais — por isso depois chegaram o padel, o ténis de mesa e o squash. E assim cá estamos, no Raquetc ("raquetecétera"). Como escreveu Pessoa, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."