Nadal bate Basilashvili e dispara Espanha para o topo do Grupo B

Fotografia: ATP Cup

O ano de 2020 começou com uma vitória para o espanhol Rafael Nadal. O número 1 mundial fez a estreia na nova época em Perth, perante Nikoloz Basilashvili, e conquistou a vitória que a Espanha necessitava para vencer o embate perante a Geórgia.

O maiorquino venceu com os parciais de 6-3 e 7-5, num encontro em que, apesar da superioridade, Nadal teve que passar por dificuldades em determinados momentos. Depois de ter visto Basilashvili quebrar-lhe o serviço no primeiro jogo, o canhoto de Palma de Maiorca respondeu de imediato e conseguiu um segundo break na reta final do parcial inaugural.

A vitória no primeiro set parecia ter desbloqueado tudo para o espanhol, que chegou rapidamente ao 5-2 na segunda partida e estava pronto para selar o triunfo. Contudo, Basilashvili não se deu por vencido em momento algum e tirou proveito da incapacidade de Nadal em fechar a partida. O georgiano recuperou os dois breaks de desvantagem e igualou o parcial a cinco jogos, mas acabou por borrar a pintura logo a seguir, ao ceder novamente o “saque”.

Como diz o ditado, “à terceira é de vez” e Nadal aproveitou para conquistar a vitória ao cabo de uma hora e 51 minutos em court. A nova época começa da mesma forma que terminou a anterior para o líder do ranking mundial, a vencer.

A Espanha está assim na liderança do Grupo B, em igualdade com o Japão, que venceu o Uruguai por 3-0. Os nipónicos aplicaram um autêntico corretivo aos uruguaios, com dois encontros de singulares muito desequilibrados. Go Soeda foi o primeiro a pontuar, ao vencer Martin Cuevas por 6-1 e 6-3. Logo a seguir, Yoshihito Nishioka bateu Pablo Cuevas por uns expressivos 6-0 e 6-1. O jogo de pares, que já nada podia mudar em relação ao vencedor do embate, sorriu a Toshihide Matsui e Ben McLachlan, que venceram Ariel Behar e Pablo Cuevas por 7-6(5) e 6-4.

Total
3
Shares
Total
3
Share