Sérvia de Djokovic entra com tudo e marca encontro decisivo (e promissor) com a França

Kosmos Tennis

Campeã em 2010, a Sérvia entrou com tudo na primeira edição das Davis Cup Finals. Em pleno Centre Court da Caja Mágica, a equipa de Novak Djokovic não deu hipóteses e eliminou um Japão desfalcado da sua maior estrela — o lesionado Kei Nishikori.

O primeiro vencedor do dia foi Filip Krajinovic, que derrotou Yuichi Sugita por 6-2 e 6-4, e a essa seguiu-se a ainda mais autoritária vitória de Novak Djokovic sobre Yoshihito Nishioka, com os parciais de 6-1 e 6-2.

Com estes resultados, a equipa nipónica (que na véspera tinha sido derrotada pela França) ficou automaticamente sem hipóteses de terminar o Grupo A nas duas primeiras posições, as únicas que podem dar acesso aos quartos de final.

E assim o confronto entre Sérvia e França — marcado para as 11 horas de quinta-feira no Centre Court da Caja Mágica — ganha contornos decisivos, uma vez que a equipa vencedora garantirá automaticamente o apuramento para a fase seguinte.

Total
1
Shares
Total
1
Share