Francisco Cabral derrotado na primeira ronda do Maia Open

Beatriz Ruivo/Federação Portuguesa de Ténis

O Maia Open não arrancou da melhor maneira para as cores portuguesas. No encontro que abriu as hostilidades do quadro principal do último Challenger do ano em Portugal, o wild card Francisco Cabral foi afastado na primeira ronda. O tenista luso, número 1174 do Mundo, caiu em dois sets perante o austríaco Maximilian Neuchrist (670.º), com os parciais de 6-4 e 6-2.

O encontro não arrancou da melhor maneira para o jovem atleta português. Uma entrada em falso de Cabral permitiu ao adversário conquistar a primeira quebra de serviço logo no primeiro jogo. Este foi, de resto, o único break que se verificou no primeiro parcial, que caiu então para o lado do austríaco.

Embalado pela vitória no set inaugural, Neuchrist conseguiu controlar melhor a partida no segundo set, onde aí sim conseguiu passar o teórico favoritismo para dentro do court. Com duas quebras de serviço consecutivas, o tenista de 28 anos chegou ao 5-1 no parcial e acabou a fechar a partida ao serviço, ao fim de uma hora e dez minutos de jogo.

O desaire de Francisco Cabral impede que na segunda ronda se verifique um duelo 100% português, sendo que vai ser Neuchrist a medir forças com João Domingues, 14.º cabeça de série. Esta segunda-feira é ainda dia de estreia para João Monteiro, Luís Faria e Tiago Cação. Os três lusos vão procurar carimbar o passaporte para a segunda ronda.

Total
3
Shares
Total
3
Share