Federer depois de derrotar Djokovic: “Não sabia que não lhe ganhava há quatro anos”

Quatro anos depois, Roger Federer voltou a conseguir derrotar Novak Djokovic. Pelo meio passaram-se quatro encontros sem conhecer o sabor da vitória, mas no rescaldo do triunfo desta quinta-feira o suíço surpreendeu ao desabafar que não sabia que tinha passado tanto tempo.

“Não sabia que não lhe ganhava há quatro anos, para ser sincero. Não senti isso porque tivemos encontros muito equilibrados, como em Paris [Masters 1000, no final de 2018] e em Wimbledon [na final de 2019]. Descobri hoje que não o derrotava desde a minha operação ao joelho”, confessou o jogador de 38 anos, que reduziu para 23-26 o confronto direto com o sérvio, de 33.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a histórias, a recordes. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais — por isso depois chegaram o padel, o ténis de mesa e o squash. E assim cá estamos, no Raquetc ("raquetecétera"). Como escreveu Pessoa, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."