Djokovic arrasador no regresso ao Nitto ATP Finals

Um ano depois de ter sido surpreendido na final do Nitto ATP Finals, em que procurava igualar Roger Federer no topo da lista de maiores vencedores do torneio, Novak Djokovic afastou quaisquer hipóteses de surpresa e entrou com tudo no encontro de estreia.

A disputar o 48.º encontro da carreira no “Masters” do final do ano, o tenista sérvio foi arrasador: 6-2 e 6-1 foram os parciais aplicados ao estreante Matteo Berrettini, a única surpresa entre os apurados para o torneio e que nada conseguiu fazer para travar o domínio de Novak Djokovic (no total, apontou 30 erros não forçados).

O primeiro passo em direção às meias-finais está dado e o mesmo se pode dizer da luta pelo número 1 no final do ano.

O segundo e último encontro de singulares do dia em Londres tem início marcado para as 20h locais e de Portugal Continental e conclui a ação relativa à primeira “ronda” do grupo Bjorn Borg: Roger Federer, recordista de títulos (6), vai defrontar Dominic Thiem.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a histórias, a recordes. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais — por isso depois chegaram o padel, o ténis de mesa e o squash. E assim cá estamos, no Raquetc ("raquetecétera"). Como escreveu Pessoa, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."