Sete duplas portuguesas apuradas para os quartos de final do Europeu de Padel em Lisboa

PAHD

LISBOA — O Campeonato da Europa de Padel (EPA — European Championships) continua a correr de feição às cores portuguesas e esta terça-feira sete duplas da “casa” carimbaram o acesso aos quartos de final do torneio de duplas, que tal como a competição por equipas tem como palco o histórico Lisboa Racket Centre.

No quadro feminino, Sofia Araújo e Ana Catarina Nogueira — as segundas candidatas ao título — já somam duas vitórias e continuam em rota de colisão com Carolina Navarro (uma das mais experientes e tituladas do circuito mundial) e Paula Josemaría Martín, atual parceira de “Noggy” e com quem a portuense tem feito história.

Depois de um bye na primeira ronda, Araújo e Nogueira derrotaram Pernille Johannsen Pedersen e Line Irby Norregaard por categóricos 6-0 e 6-1 e a esse seguiu-se o triunfo por 6-1 e 6-1 sobre Maren Tiedjen e Inken Breyer para acederem aos quartos de final.

As próximas adversárias das atuais campeãs nacionais são Baharak Soleymani e Antonette Andersson, que nos oitavos de final derrotaram Catarina Almeida e Leninha Medeiros, por 6-1 e 7-5.

Nesta fase da competição estão mais duas duplas 100% nacionais: Patrícia Ribeiro e Margarida Fernandes, quintas pré-designadas, também ficaram isentas da primeira eliminatória e depois venceram Adéla Zemanová e Anna Zemanová por 6-0 e 6-0 e as compatriotas Bárbara Ribeiro e Joana Brites por 6-7(4), 6-2 e 6-0. As próximas adversárias são Laura Bernard e Helena Wyckaert; e Kátia Rodrigues e Diana Silva (sextas cabeças de série) venceram Antonia Flosbach e Katrin Backer por 6-0 e 6-2 e Catarina Vilela e Bárbara Ferreira por 6-1 e 7-5 para marcarem encontro com Beatriz Gonzáles Fernández e Maria del Carmen Villalba Sánchez.

No quadro masculino a representação portuguesa é ainda maior e já está, aliás, garantida a presença de pelo menos uma dupla lusa nas meias-finais. Isto porque os quartos cabeças de série, Miguel Oliveira e Vasco Pascoal, e os quintos, Diogo Rocha e Sebastião Mendonça, vão medir forças no grande duelo da parte inicial da jornada de quinta-feira.

Para chegarem aos quartos de final, Oliveira e Pascoal — os atuais campeões nacionais — venceram Olli Marjamaki e Henrik Sillanpaa por 6-1 e 6-0 e Fabian Schmidt e Daniel Lingen por 6-1 e 6-1. Já Rocha e Mendonça, superaram Giovanni Bos e Sten Richters por 6-2 e 6-3 e Viktor Stjern e Pierre Bonfré por 6-3 e 7-6(3).

Mas a representação nacional não se fica por aqui: Diogo Schaefer (que joga em casa) e João Bastos derrotaram Guillaume Crasson e Jérôme Peeters por 6-2 e 6-2, Jérémy Gala e Nick Braet por 6-4 e 7-5 e Daniel Windahl e Pablo Figueroa por 6-2 e 6-3 para marcarem duelo com Álvaro Cepero Rodríguez e Javier Garrido Gómez, enquanto Ricardo Martins e Francisco Neves venceram Olle Andersson e Gustav Eriksson por 6-0 e 6-1 e Maciej Naduk e Jakub Slowinski por 6-1 e 6-3 para desafiarem Alejandro Ruiz Granados e Martín Sánchez Piñeiro, segundos cabeças de série.

Todos os encontros dos quartos de final do torneio de duplas estão marcados para a fase inicial da jornada de quinta-feira no Lisboa Racket Centre.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a histórias, a recordes. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais — por isso depois chegaram o padel, o ténis de mesa e o squash. E assim cá estamos, no Raquetc ("raquetecétera"). Como escreveu Pessoa, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."