Federer volta a derrotar Tsitsipas e chega à 15.ª final em Basileia

Não, não é um erro: Roger Federer qualificou-se na tarde deste sábado para a 15.ª final da carreira no Swiss Indoors, o ATP 500 de Basileia de que é rei, senhor e, claro, favorito incontestável sempre que por lá joga.

Aos 38 anos, o tenista suíço somou a segunda vitória contra Stefanos Tsitsipas desde a derrota no Open da Austrália (a primeira foi no Dubai, onde chegou aos 100 títulos de carreira), esta com os parciais de 6-4 e 6-4.

Depois de um início de semana muito folgado (não despendeu mais de uma hora para cada uma das duas primeiras vitórias e ficou isento do encontro dos quartos de final), o número três do mundo concentrou esforços para somar mais um triunfo rápido e autoritário. Claro que com contornos diferentes daqueles que o viram passar por Peter Gojowczyk (6-2 e 6-1) e Radu Albot (6-0 e 6-3), mas ainda assim com a devida folga: salvou o único ponto de break que enfrentou — já no último jogo — e soube aproveitar as oportunidades que criou para vencer em 1h20.

No encontro decisivo, Federer, de 38 anos, vai ter pela frente Alex de Minaur, de apenas 20.

O australiano, uma das grandes apostas da organização do Millennium Estoril Open em 2018 (edição em que respondeu ao wild card com a primeira vitória da carreira no ATP Tour em encontros de terra batida), superou uma meia-final “de loucos” frente a Reilly Opelka, de 22 anos e também ele um dos intervenientes no último torneio português.

Ao longo das 2h37 verificaram-se apenas duas quebras de serviço (uma para cada lado) e o encontro foi decidido em tie-breaks, com de Minaur a vencer por 7-6(2), 6-7(4) e 7-6(3) e a responder aos 26 ases do “gigante” norte-americano com 14 serviços ganhantes e 30% de pontos ganhos na resposta (contra 20% do adversário).

A final de domingo será a quarta do ano para Alex de Minaur, que até agora conta com um registo perfeito: foi campeão nos ATP 250 de Sydney, Atlanta e Zhuhai (todos em piso rápido); quanto a Roger Federer, discutirá um título pela sexta vez esta época (foi campeão dos ATP 500 do Dubai e de Halle e do Masters 1000 de Miami; e vice-campeão do Masters 1000 de Indian Wells e de Wimbledon).

Última atualização às 18h02.

Total
6
Shares
Total
6
Share