Francisca Jorge arrasa e volta a alcançar as meias-finais do Lousada Indoor Open

Francisca Jorge continua a somar vitórias nos campos do Lousada Ténis Atlântico e esta sexta-feira deu mais um passo em direção à defesa do primeiro de dois títulos, ao selar a qualificação para as meias-finais do Lousada Indoor Open I.

Primeira cabeça de série do torneio, que é dotado de 15.000 dólares em prémios monetários, a jogadora vimaranense de 19 anos não deu hipóteses à espanhola Almudena Sanz-Llaneza Fernandez (784.ª) e venceu por autoritários 6-4 e 6-0.

Somada a terceira vitória da semana em parciais diretos, Francisca Jorge — a número 1 portuguesa e 525 WTA — avança para as quartas meias-finais da temporada.

Para chegar à segunda final (foi vice-campeã em Montemor-o-Novo), a jogadora do Centro de Alto Rendimento terá de ser bem sucedida frente a outra jogadora espanhola: ou Ainhoa Atucha-Gomez (quarta pré-designada) ou Celia Cervino Ruiz, lucky loser.

Em 2018, Francisca Jorge conquistou o primeiro título de singulares da carreira no circuito da Federação Internacional de Ténis precisamente em Lousada. Na semana seguinte, no mesmo palco, voltou a repetir a proeza e aumentou para dois o número de troféus de campeão.

Menos feliz foi Inês Murta, a outra tenista portuguesa ainda em prova, que não conseguiu defender o estatuto de terceira pré-designada e acabou afastada (6-3 e 6-2) por Aubane Droguet, de França.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a histórias, a recordes. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais — por isso depois chegaram o padel, o ténis de mesa e o squash. E assim cá estamos, no Raquetc ("raquetecétera"). Como escreveu Pessoa, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."