Basileia. Estrela da NextGen põe fim na caminhada de João Sousa

Fotografia: Fernando Correia/Millennium Estoril Open

Foi curta a estadia de João Sousa em Basileia. Este sábado, o tenista português foi eliminado na primeira ronda da fase de qualificação pelo jovem Alexei Popyrin. No segundo encontro entre ambos, depois do vimaranense ter ganho no Millennium Estoril Open, o australiano venceu com os parciais de 6-1 e 6-4.

A defender o estatuto de segundo cabeça de série na fase de qualificação, Sousa não conseguiu ser regular durante o encontro. O primeiro set foi para esquecer para o número um nacional, que cedeu o serviço muito cedo e nunca conseguiu incomodar o adversário com a resposta.

O segundo parcial começou com o português a ceder novamente o serviço. Pouco depois ainda apareceram os primeiros dois break points do encontro a favor de João Sousa, mas o tenista de 30 anos não conseguiu capitalizar em nenhuma das ocasiões. Até ao final, o jovem Popyrin, que ocupa o 90.º lugar na hierarquia mundial, conseguiu segurar a vantagem.

Com o afastamento precoce em solo suíço, onde não tinha pontos a defender, João Sousa vai agora seguir para a última prova da temporada: o Masters 1000 de Paris, onde tem 70 pontos para defender, fruto de ter alcançado a segunda ronda em 2018.

Total
5
Shares
Total
5
Share