João Sousa reedita primeira ronda do Millennium Estoril Open no qualifying de Basileia

Fotografia: Millennium Estoril Open

Mais uma semana, mais uma paragem do circuito ATP a contar com a presença de João Sousa e neste caso a penúltima da temporada para o vimaranense, que em Basileia vai ter de começar a participação na fase de qualificação já este sábado.

Depois da derrota à primeira no ATP 250 de Estocolmo, o melhor tenista português de todos os tempos (atual 64.º classificado no ranking ATP) é o segundo cabeça de série do qualifying do ATP 500 suíço, em que terá de passar duas rondas para chegar ao quadro principal.

Com uma lista de inscrições forte não se esperavam dificuldades e a verdade é que como primeiro adversário o pupilo de Frederico Marques terá um jogador que também integra o top 100: Alexei Popyrin, australiano que tem estado a realizar uma excelente temporada e que o português derrotou… Na primeira ronda do Millennium Estoril Open.

Esse duelo foi mesmo o primeiro (e único, até à data) entre Sousa e Popyrin, que nos últimos meses se destacou sobretudo nos torneios do Grand Slam: em Roland Garros passou a primeira ronda, em Wimbledon repetiu a proeza já depois de ter furado a fase de qualificação e no US Open foi um passo mais longe e só caiu na terceira ronda, depois de quatro partidas equilibradas com Matteo Berrettini.

Caso volte a vencer a jovem estrela australiana, João Sousa defrontará na ronda de acesso ao quadro principal do Swiss Indoors ou o wild card Marc-Andrea Huesler (293.º) ou o sul-coreano Soonwoo Kwon (88.º).

Em 2017 e 2018, o português de 30 anos foi travado na primeira eliminatória do quadro principal de singulares — o que significa que, ao contrário do que acontecerá na semana seguinte em Paris (70), não tem quaisquer pontos a defender.

Total
2
Shares
Total
2
Share