Depois dos Jogos Olímpicos, Federer diz que também vai voltar a Roland Garros

Dois dias depois de anunciar o regresso a Tóquio em 2020 para disputar os Jogos Olímpicos pela quinta vez na carreira, Roger Federer foi mais longe e confirmou que também planeia participar novamente no torneio de Roland Garros.

A revelação foi feita numa entrevista dada à CNN durante a passagem pela capital japonesa — onde esteve para promover a marca de vestuário que o patrocina desde 2018, a gigante Uniqlo.

Apesar do foco terem sido os Jogos Olímpicos de Tóquio, que marcarão o regresso do helvético à competição olímpica depois de ter sido forçado a desistir do torneio do Rio de Janeiro devido a uma lesão no joelho, o número três do mundo contou que falou com a equipa técnica e decidiu regressar ao Grand Slam parisiense.

Em 2019, Roger Federer disputou pela primeira vez desde 2015 o segundo torneio do Grand Slam da temporada chegou às meias-finais, onde só foi travado pelo futuro campeão (e recordista) Rafael Nadal.

Total
3
Shares
Total
3
Share