Ningbo. Frederico Silva autoritário na estreia

O português Frederico Silva continua esta semana, em Ningbo, a jornada pela conquista de pontos que lhe permitam atingir a fase de qualificação do Australian Open em 2020. O tenista das Caldas da Rainha iniciou esta madrugada a participação no Challenger chinês com uma vitória clara sobre Jie Cui (627.º ATP), com os parciais de 6-2 e 6-1.

O encontro não teve grande história. A partida ainda começou com duas quebras de serviço para cada lado, mas o tenista orientado por Pedro Felner colocou depois o pé no acelerador para fechar o parcial em 47 minutos, num set onde Cui não conseguiu confirmar nenhum jogo de serviço.

Se na primeira parte o tenista chinês ainda conseguiu dois breaks a favor, o segundo set foi ainda mais dominador por parte de Frederico Silva. O atleta luso encontrou mais conforto nos jogos de serviço e precisou de apenas 25 minutos para confirmar uma vitória segura, num encontro que teve a duração total de uma hora e 12 minutos.

Na segunda ronda, o 234.º classificado da hierarquia mundial vai defrontar o tunisino Malek Jaziri, que em janeiro ocupou o 42.º lugar do ranking. Nesta altura, Jaziri é 149.º e defende o estatuto de nono cabeça de série em Ningbo.

Total
6
Shares
Total
6
Share