João Graça lutou até ao cair do pano mas não conseguiu vencer no Tavira Tennis Open

TAVIRA — Foi por um triz que a jornada de quarta-feira no Tavira Tennis Open não terminou com mais uma vitória portuguesa. Convidado pela organização para o quadro principal de singulares, João Graça agarrou-se com unhas e dentes mas acabou por sair derrotado da maior batalha do dia (e do torneio até ao momento).

À procura da segunda vitória da carreira em quadros principais de singulares de torneios ITF (a primeira foi em Idanha-a-Nova, há um ano), o tenista algarvio de 18 anos nunca desistiu de lutar contra o russo Ivan Davydov e chegou a dispor de uma vantagem de 4-1 no terceiro set, mas não a conseguiu manter e perdeu por 7-6(4), 4-6 e 7-5 depois de 2h54.

Na verdade, o jovem português conseguiu ser o mais forte dos dois em determinados momentos de todos os sets, uma vez que no primeiro parcial chegou a liderar por 4-1 (e mais tarde por 6-5).

A derrota de João Graça significa que o Tavira Tennis Open só terá quatro jogadores na segunda eliminatória do quadro principal de pares: Frederico Silva (segundo cabeça de série), Fred Gil (sexto), Tiago Cação e Tomás Luís (wild card).

Última atualização às 18h39.

Total
12
Shares
Total
12
Share