João Sousa tomba mais uma estrela NextGen e chega aos “quartos” em Chengdu

Fernando Correia/Millennium Estoril Open

O vimaranense João Sousa está de volta aos quartos de final do ATP 250 de Chengdu, depois de ter chegado às meias-finais do torneio chinês em 2018. O tenista português continua a atravessar um bom momento de forma e venceu esta manhã o canadiano Felix Auger-Aliassime, número 20 mundial, com os parciais de 6-4, 6-7(5) e 6-4.

O número um nacional entrou muito forte na partida e conseguiu quebrar o serviço do adversário logo ao segundo jogo. Ao longo do set, Sousa esteve sempre mais confortável e mais ameaçador do que o canadiano, dispondo de vários break points. No entanto, foi a quebra de serviço madrugadora que acabou por ditar a diferença ao fim de 43 minutos.

O segundo set trouxe maior equilíbrio entre os dois atletas. Tanto João Sousa como Aliassime venceram os jogos de serviço com relativa tranquilidade. O canadiano elevou muito a qualidade do “saque” e os ases apareceram com maior frequência ao longo da segunda partida. No tie-break, foi precisamente com um ás que Auger-Aliassime conseguiu empurrar o encontro para o terceiro set.

A terceira partida manteve a toada, com Auger-Aliassime a apoiar-se no primeiro serviço para desequilibrar. Porém, os mais de 50 erros cometidos pelo canadiano durante todo o encontro foram fatais perante um João Sousa mais sólido e que soube esperar pelas oportunidades. Ao fim de duas horas e dez minutos, o tenista luso “agarrou” o segundo match point de que dispôs e confirmou o triunfo.

De regresso aos quartos de final na China, o número um português aguarda agora por adversário. O próximo oponente de Sousa vai sair do encontro entre o sérvio Dusan Lajovic (29.º ATP), quinto cabeça de série, e Lloyd Harris (110.º ATP).

Total
67
Shares
Total
67
Share