US Open. Pedro Sousa cai na primeira ronda do qualifying

O lisboeta Pedro Sousa está fora da edição de 2019 do US Open. Depois de ter conquistado o Challenger de Meerbusch, na Alemanha, no passado domingo, o tenista português não conseguiu dar continuidade à onda de vitórias. Perante o checo Jiri Vesely, antigo número 35 mundial, o tenista de 31 anos perdeu pelos parciais de 6-4 e 7-5.

O início de encontro não foi fácil para Pedro Sousa, que perdeu o primeiro jogo de serviço. A resposta, no entanto, foi imediata e o lisboeta recuperou a desvantagem. Ao longo do parcial, o número dois português foi vencendo os jogos de serviço com relativa facilidade, mas vacilou quando servia para se manter na discussão do set. Assim que a oportunidade surgiu, Vesely não se fez rogado e capitalizou no primeiro set point para se adiantar no marcador.

O segundo set foi muito repartido, e Pedro Sousa teve uma chance de ouro a dada altura para forçar uma terceira partida. O tenista português conseguiu quebrar o serviço de Vesely e avançar para 4-3, mas permitiu logo de seguida o contra-break ao checo, que não voltou a facilitar no serviço e fechou o encontro ao fim de uma hora e 22 minutos.

Após seis jogos nos últimos sete dias, com uma viagem de Meerbusch para Nova Iorque pelo meio, Pedro Sousa falha a presença no quadro principal do último Grand Slam da temporada. O contingente português na fase de qualificação está agora reduzido a João Domingues, que conseguiu o acesso à segunda ronda. No quadro principal está João Sousa, que tem entrada direta.

Avatar
Adepto do desporto em geral mas com especial carinho pela "bolinha saltitona". O bichinho surgiu ainda Rafael Nadal não tinha mangas e não mais saiu. Chegada a oportunidade de me juntar ao Raquetc, juntamente com a minha ambição de ser jornalista, foi fácil aceitar juntar-me à equipa.