O título fica em casa: Jessica Pegula alcança primeiro título da carreira em Washington

Num quadro onde haviam nomes como Sloane Stephens, Madison Keys ou a jovem Sofia Kenin, longe estariam os fãs de pensar que a grande final do Citi Open, na capital americana de Washington D.C., seria disputada entre a italiana Camila Giorgi (62.ª WTA) e a jovem Jessica Pegula (79.ª WTA), que tinha a oportunidade de vencer o primeiro título da carreira em casa.

As duas tenistas foram desbravando caminho até à final deste domingo onde, com uma grande exibição, a norte-americana de 25 anos bateu o pé a Giorgi e triunfou com parciais de 6-2 e 6-2, numa partida que teve apenas 61 minutos de duração.

Com o primeiro título WTA a uma vitória de distância, Pegula entrou focada e determinada em conseguir rapidamente puxar a vantagem para si. Assim, a tenista natural de Buffalo conseguiu o primeiro break do encontro logo a abrir e aproveitou o ímpeto para “limpar” a primeira partida em apenas 25 minutos.

Obrigada a reagir sob pena de perder a final em apenas dois sets, Giorgi não o conseguiu fazer. A transalpina nunca esteve verdadeiramente dentro do encontro e voltou a sofrer um break no primeiro jogo do segundo parcial. Com um set e um break à maior, a confiança de Pegula continuou a aumentar e a norte-americana só parou quando as palavras “game, set and match” foram ouvidas.

A vitória deste domingo vai fazer com que Pegula dê um salto de 24 posições no ranking, o que fará da norte-americana a nova número 55 mundial na próxima segunda-feira. O registo é, desde logo, um máximo de carreira para a atleta que reside na Flórida. Quanto a Camila Giorgi, vai subir dez lugares até ao 52.º posto e continua a recuperação numa tabela em que já foi 26.ª.

Total
5
Shares
Total
5
Share