Tsitsipas volta a vencer, estreia-se no top 5 e marca encontro escaldante com Kyrgios

A uma semana de ter de defender os pontos relativos à chegada à final no ATP Masters 1000 do Canadá, que este ano se joga em Montreal, Stefanos Tsitsipas tem razões para sorrir: a jogar em Washington D.C., o tenista grego voltou a vencer para chegar às meias-finais e assim viu confirmada a inédita entrada no top 5 do ranking ATP.

Principal candidato à vitória no ATP 500 norte-americano, o campeão em título do Millennium Estoril Open começou a meio gás e depois meteu a quinta mudança para derrotar Benoit Paire pelos parciais de 7-5 e 6-0, naquele que era um dos encontros mais aguardados do dia.

Para além de garantir a estreia entre os cinco melhores jogadores do mundo, a vitória dá a Stefanos Tsitsipas a oportunidade de estar frente a frente com Nick Kyrgios pela primeira vez uma semana depois de terem estado lado a lado na variante de pares — uma experiência que já admitiram querer repetir e que se vai proporcionar no Masters 1000 de Cincinnati.

À semelhança do que já tinha feito no ATP 500 de Acapulco, que venceu, o irreverente tenista australiano está novamente a jogar o seu melhor ténis e a encantar o público presente nas bancadas e esta madrugada superou tranquilamente o lucky loser eslovaco Norbert Gombos, por 6-3 e 6-3, num encontro em que fez de tudo um pouco.

Entre volleys reflexo, amorties disfarçados até à última e até perguntar a uma espetadora que serviço deveria executar em pleno match point, Nick Kyrgios deu o tipo de espetáculo que o público de todo o mundo quer ver para fazer desta a sua segunda melhor semana do ano até ao momento.

A outra meia-final vai colocar frente a frente o russo Daniil Medvedev — mais um jogador que já fez parte do Millennium Estoril Open e que aqui superou Marin Cilic por 6-4 e 7-6(7) — e Peter Gojowczyk, o lucky loser alemão que surpreendeu o britânico Kyle Edmund graças aos parciais de 63, 4-6 e 6-3.

Total
2
Shares
Total
2
Share