Frederico Silva supera batalha de três sets e avança no Challenger de Praga

Fotografia: Margarida Moura/Federação Portuguesa de Ténis

Frederico Silva, número cinco nacional e atual 298.º mundial, consumou na tarde desta segunda-feira o primeiro triunfo no Challenger de Praga, na República Checa.

Num encontro alusivo à ronda inaugural do quadro de singulares, o caldense derrotou Jelle Sels, 303.º ATP, por 6-2, 3-6 e 6-2.

Partindo com o favoritismo do seu lado diante de Jelle Sels, 303.º ATP, Frederico Silva até começou por sofrer um break no seu primeiro jogo de serviço, porém, foi capaz de dar a volta ao rumo do primeiro parcial, acabando por liderar com uns esclarecedores 6-2.

De seguida, o holandês teve armas suficientes para igualar as contas do encontro: venceu todos os seus jogos de serviço, ao invés de Frederico Silva — que não foi feliz quando servia pelo quarto jogo neste set —, triunfou por 6-3, e levou as decisões para a última partida.

Aí, o português dominou novamente, defendeu três break points, venceu dois jogos de serviço do adversário, selando desta maneira a vitória com uns contundentes 6-2, ao cabo de uma longa batalha de duas horas e 26 minutos.

Com este triunfo, Frederico Silva garante o passaporte para a segunda eliminatória deste Challenger checo, disputado sobre a terra batida, e já tem adversário conhecido para o seu próximo desafio: na luta pelo acesso à terceira ronda, vai encontrar do outro lado da rede o tenista brasileiro Rogério Dutra Silva, que defende o estatuto de 10.º cabeça de série.
Total
14
Shares
Total
14
Share