Halep, campeã de Wimbledon: “Nunca vou esquecer este dia, era o sonho da minha mãe”

Se dentro do campo foi autoritária e implacável, terminada a final Simona Halep caiu na realidade e não escondeu o entusiasmo e a emoção devido ao que acabara de acontecer: em apenas 56 minutos, a romena derrotou Serena Williams para se sagrar campeã de Wimbledon.

E nas primeiras palavras como vencedora do torneio mais antigo (e histórico) do mundo não deixou dúvidas.

“Nunca vou esquecer este dia. Era o sonho da minha mãe. Quando eu tinha 10 anos ela disse que se eu quisesse ser tenista então um dia tinha de jogar a final de Wimbledon”, revelou.

Com aquela que foi “a melhor hora” que já viveu, Simona Halep pôde erguer o segundo troféu de campeã no que a torneios do Grand Slam diz respeito , resultado de “muito trabalho para conseguir jogar assim” e, acrescentou, “muitos nervos no meu estômago que fizeram com que não me sentisse muito bem antes da final” — mesmo se uma vez iniciada a decisão não o aparentou.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a histórias, a recordes. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais — por isso depois chegaram o padel, o ténis de mesa e o squash. E assim cá estamos, no Raquetc ("raquetecétera"). Como escreveu Pessoa, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."