Idanha-a-Nova: Fred Gil e Gonçalo Falcão avançam para a segunda ronda

Depois de Tiago Cação ter sido surpreendido e Luís Faria entrado com o pé direito já esta quarta-feira, Fred Gil e Gonçalo Falcão conseguiram triunfar em sets diretos rumo aos oitavos de final de mais um ITF de 15.000 dólares em Idanha-a-Nova.

Vice-campeão dos dois últimos torneios realizados em território português (Setúbal e Idanha-a-Nova — ambos frente a Nuno Borges), Gil, terceiro cabeça de série e 667.º ATP, deu um primeiro passo positivo no que diz respeito a, pelo menos, repetir esses resultados ao bater o britânico Finn Bass (777.º do ranking ITF) por 6-3 e 6-4.

Na próxima eliminatória, o ex-número um português poderá ter pela frente novo opositor inglês visto que o adversário que se segue sairá do confronto entre o norte-americano Henry Craig (253.º ITF) e o qualifier britânico Sean Hodkin (1393.º ITF).

Quem também já venceu esta quarta-feira foi Gonçalo Falcão, número 1242 da tabela ITF e que somou o seu terceiro triunfo consecutivo (todos em apenas duas partidas) neste segundo evento consecutivo sediado em Idanha-a-Nova.

Oriundo do qualifying e sem vencer em quadros principais individuais desde agosto de 2018, o tenista português de 31 anos quebrou o jejum esta tarde através dos parciais de 6-4 e 6-2 sobre o convidado italiano Alessandro Coppini (920.º ITF).

Com vista a passagem aos primeiros quartos de final na variante de singulares em cerca de 11 meses, Falcão já sabe que o obstáculo seguinte que se atravessa no seu caminho é o espanhol David Jorda Sanchis (713.º ITF).

Total
12
Shares
Total
12
Share