João Domingues travado à primeira no Challenger de Ludwigshafen

Fotografia: Margarida Moura/Federação Portuguesa de Ténis

Não começou bem a participação portuguesa no Ludwigshafen Challenger, torneio do circuito secundário que distribuiu um total de 46.600 euros em prémios monetários para a variante de singulares.

João Domingues , um dos dois portugueses com presença garantida no quadro principal, lutou muito mas não conseguiu contrariar o favorito do público Yannick Hanfmann (atual 212.º ATP que já foi 99.º), acabando derrotado na primeira ronda pelos parciais de 6-3, 3-6 e 6-1.

Atual número 170 da hierarquia, o número três português vinha de uma derrota pesada na primeira ronda do qualifying em Wimbledon, na relva, e com este resultado deixa Pedro Sousa (107.º) como único representante luso no torneio.

O lisboeta é o terceiro cabeça de série e conquistou recentemente o primeiro título da temporada, ao sagrar-se campeão em Blois, França. Entra em ação ainda esta terça-feira frente a Benjamin Hassan, também alemão.

Total
2
Shares
Total
2
Share