Challenger de Ludwigshafen: Pedro Sousa sem hipóteses na estreia

Tal como João Domingues, Pedro Sousa foi derrotado esta terça-feira logo ao seu primeiro encontro no Challenger de Ludwigshafen, na Alemanha.

Terceiro candidato ao título e número 107 ATP, o tenista lisboeta de 31 anos nunca conseguiu verdadeiramente entrar em jogo e quem o soube aproveitar foi o germânico Benjamin Hassan (311.º), que com os parciais de 6-2 e 6-2 deitou por terra a representação nacional neste torneio jogado sobre terra batida.

Cessada a prestação em Ludwigshafen na segunda etapa (ficou isento da primeira por ser um dos oito primeiros pré-designados), o número dois nacional abandona então território alemão sem grande saudade e parte agora para Perúgia com vista a participação no Challenger italiano.

Total
4
Shares
Total
4
Share