Nadal sofre segunda derrota em dois dias na preparação para Wimbledon

Depois do 12.º título da carreira em Roland Garros, Rafael Nadal regressou esta semana aos courts para disputar os primeiros encontros do ano em relva num dos vários palcos britânicos que organizam torneios de exibição, isto é, não pontuáveis para o ranking.

Já é uma espécie de tradição o maiorquino preparar a participação em Wimbledon na relva do clube de Hurlingham e este ano não foi exceção, mas os resultados deixaram muito a desejar: se no primeiro encontro perdeu por 6-3 e 6-3 em 61 minutos para Marin Cilic, esta sexta-feira o número dois mundial perdeu por 6-3, 4-6 e 10-5 para Lucas Pouille.

Apesar de contar com dois títulos na relva de Wimbledon (em 2008 e 2010), Rafael Nadal tem nesta a sua pior superfície e nos últimos oito anos disputou apenas uma final — no ATP 250 de Estugarda, em 2015.

E o sorteio realizado esta sexta-feira no All England Club não lhe terá dado muitas razões para sorrir, uma vez que o tenista espanhol terá como primeiro adversário Yuichi Sugita e em caso de vitória terá como segundo oponente ou Jordan Thompson (que caiu nas meias-finais do ATP 250 de Antália, na Turquia, depois de três tie-breaks) ou Nick Kyrgios, que em 2014 o surpreendeu nos oitavos de final.

Total
5
Shares
Total
5
Share