Bencic, Kerber, Kenin e Sevastova: quatro tenistas na luta pela glória em Maiorca

Fotografia: WTA

O alinhamento das meias-finais do Mallorca Open ficou definido esta sexta-feira, num dia onde, se olharmos ao ranking, apenas em um encontro não se verificou o favoritismo teórico da melhor classificada.

A “surpresa” surgiu logo no primeiro encontro do dia, que opôs Sofia Kenin (30.ª WTA) a Elise Mertens (21.ª WTA). Apesar de um arranque em falso, onde revelou dificuldades em controlar os pontos com o serviço, a jovem norte-americana encontrou um melhor nível de jogos nos dois parciais seguintes, tendo acabado por triunfar por 1-6, 6-1 e 6-3 em uma hora e 53 minutos de encontro.

A uma partida equilibrada seguiu-se uma sem grande história. Belinda Bencic (13.ª WTA) e Amanda Anisimova (27.ª WTA) entraram em court para discutir uma vaga nas meias-finais, com a helvética a controlar as operações. Bencic superiorizou-se em praticamente todos os aspetos importantes do capítulo estatístico e precisou de apenas 64 minutos para carimbar o passaporte para o top-4 da prova, com parciais de 6-2 e 6-2.

Outro encontro sem grande história foi o que opôs a finalista vencida de 2018, Anastasija Sevastova (12.ª WTA), à chinesa Qiang Wang (58.ª WTA). Com uma exibição muito competente, onde serviu muito bem e soube ter a melhor resposta para os segundos serviços da adversária (venceu 67% dos pontos nesse parâmetro), Sevastova venceu após 62 minutos com parciais bem claros: 6-2 e 6-1.

A fechar o dia, Angelique Kerber (6.ª WTA) e Caroline Garcia (23.ª WTA) discutiram a última vaga nas meias-finais. Na ressaca da vitória sobre Maria Sharapova, a alemã, que é também a primeira cabeça de série do torneio, manteve o bom nível de ténis e levou de vencida a francesa em sets diretos, com parciais de 6-3 e 7-6(5).

Nas meias-finais da prova, Angelique Kerber vai medir forças com Belinda Bencic, ao passo que Sofia Kenin e Anastasija Sevastova vão discutir o outro lugar na grande decisão.

Total
3
Shares
Total
3
Share