Halle. Federer sobrevive a dura batalha com Tsonga e chega aos quartos de final pela 17.ª vez

17 encontros da segunda ronda em Halle, 17 vitórias para Roger Federer, que esta quinta-feira deu um (duro) segundo passo rumo ao 10.º título na relva alemã.

Principal candidato à vitória no ATP 500 que serve de preparação para Wimbledon, o helvético de 37 anos precisou de se aplicar para voltar a vencer Jo-Wilfried Tsonga, algo que já não acontecia desde abril de 2014 — desde aí, o francês tinha ganho os dois únicos encontros, na final do Masters 1000 do Canadá, nesse mesmo ano, e nos quartos de final de Monte Carlo, em 2016.

Os parciais de 7-6(5), 4-6 e 7-5 assinados ao cabo de 2h18 atestam as dificuldades sentidas pelo primeiro cabeça de série, que só conseguiu quebrar o serviço do adversário em duas ocasiões: no primeiro jogo do segundo set, que acabou por perder, e já na reta final do terceiro, quando elevou o nível de jogo para agarrar uma muito suada vitória.

Esta é a 17.ª vez que Federer atinge os quartos de final em Halle, evento que considera uma espécie de “segunda casa” e no qual procura o 10.º título — título esse que até podia ter conquistado no ano passado, quando acabou por ver-lhe escapar a vitória na final contra Borna Coric (que está novamente nos quartos de final graças a uma muito complicada vitória sobre João Sousa).

Só a vitória no torneio permitirá ao tenista suíço ser segundo cabeça de série em Wimbledon (e assim evitar um possível duelo com o número um do mundo, Novak Djokovic, antes da grande final) e se essa não será a principal motivação neste momento, estará certamente na mente do recordista de títulos quer num, quer noutro torneio.

Mas para já, os quartos de final — e aí o adversário será Roberto Bautista Agut, espanhol que travou Richard Gasquet em duas partidas (6-1 e 6-4).

Alexander Zverev, o outro favorito do público, também venceu (6-3 e 7-5 contra Steve Johnson) e vai enfrentar David Goffin num duelo de luxo. Os restantes encontros dos quartos de final colocam frente a frente Matteo Berrettini (que vem do título em Estugarda) e Karen Khachanov e ainda Coric a Pierre-Hugues Herbert.

Total
2
Shares
Total
2
Share