Inês Murta e Maria Inês Fonte eliminadas à primeira na Figueira da Foz

Inês-Murta

Começaram e terminaram esta terça-feira as campanhas curtas de Inês Murta e Maria Inês Fonte no quadro principal de singulares do Figueira da Foz International Ladies Open 2019, com ambas as jogadoras portuguesas a serem derrotadas na ronda inaugural do torneio conimbricense de 25.000 dólares + alojamento.

Número um portuguesa e atual 692.ª classificada do ranking WTA, Murta ainda ofereceu boa réplica na primeira partida (só cedeu ao fim de 42 minutos) mas acabou mesmo por depois não resistir à primeira pré-designada, a letã Diana Marcinkevica (221.ª), e despediu-se então desta vertente através dos parciais finais de 6-2 e 6-0 em uma hora e 11 minutos de jogo.

Já Fonte, número 338 ITF e que havia ultrapassado de modo convincente a fase de qualificação na Figueira da Foz, não teve grandes hipóteses perante a francesa Oceane Dodin, neste momento “empurrada” para o 443.º lugar mas uma ex-número 46 mundial, e deu então por terminada a sua prestação por intermédio dos parciais de 6-0 e 6-1 ao cabo de 51 minutos de contenda.

Total
3
Shares
Total
3
Share