Maria Inês Fonte atinge segundos quartos de final consecutivos em torneios ITF

Duas semanas, dois quartos de final de singulares para Maria Inês Fonte: depois de ter alcançado essa fase no Montemor Ladies Open, a vice-campeã nacional absoluta repetiu a proeza no Amarante Ladies Open, outra prova internacional dotada de 15.000 dólares em prémios.

A jovem maiata de 17 anos — que é a número 345 do ranking ITF — não entrou bem no encontro mas conseguiu recuperar a tempo de superar a mais velha Almudena Sanz-Llaneza Fernandez (que aos 28 anos ocupa o 530.º posto) com os parciais de 1-6, 7-5 e 6-4.

Esta vitória permite a Fonte alcançar os quartos de final de singulares um torneio internacional pela segunda vez consecutiva e pela terceira na atual temporada, uma vez que em março já tinha sido semi-finalista em Tabarka, na Tunísia.

Para repetir esse resultado, a jovem tenista do Centro de Alto Rendimento terá de superar Georgia Drummy (sem ranking), que levou a melhor num duelo de qualifiers contra Celia Cervino Ruiz por claros 6-1 e 6-0 em apenas 68 minutos de jogo. A tenista irlandesa mudou-se para a Flórida há cerca de dois anos e completou há semanas o segundo ano de college na Universidade de Vanderbilt, tendo atingido as meias-finais do prestigiado Eddie Herr International Junior Championship no último mês de novembro.

Sara Lança não evita desaire

Para além de Francisca Jorge, que defendia o estatuto de segunda cabeça de série, também Sara Lança se despediu desta edição do Amarante Ladies Open na segunda ronda. A tenista lusa era a sétima pré-designada (fruto do 857.º posto que ocupa na hierarquia WTA, sendo 1022.ª na da ITF) mas não conseguiu contrariar a lituana Justina Mikulskyte (487.ª ITF), que venceu por 6-1 e 6-0 ao fim de 70 minutos.

Última atualização às 16h21.

Total
12
Shares
Total
12
Share