Roland Garros. João Sousa com duelo de campeões do Millennium Estoril Open na primeira ronda

João Sousa

O sorteio dos quadros principais de singulares Roland Garros foi realizado esta quinta-feira e deu a conhecer o percurso de João Sousa, o único tenista português a pertencer à “elite” do segundo torneio do Grand Slam da temporada.

A participar pela oitava vez na carreira no quadro principal de singulares do Major francês, o jogador vimaranense de 30 anos terá como primeiro desafio um duelo entre campeões do Millennium Estoril Open: Pablo Carreño Busta é o seu primeiro adversário.

O tenista português (atual número 70 do ranking ATP) e o espanhol (56.º) são bons amigos e dentro do court já foram bem sucedidos lado a lado, ao chegarem à final de pares do Masters 1000 de Roma na temporada de 2018.

O encontro, que poderá acontecer numa das três primeiras jornadas (em Paris, o torneio aproveita o fim de semana para distribuir a primeira ronda por domingo, segunda e terça-feira), será o quarto da história entre ambos e o segundo em torneios do Grand Slam.

João Sousa foi feliz no primeiro duelo da história (6-4 e 7-6[3] na primeira ronda do Masters 1000 de Miami, em 2014) e no mais recente (4-6, 6-3, 5-7, 6-2 e 2-0 com desistência na segunda ronda do US Open 2018), enquanto Carreño Busta venceu (por 6-4 e 6-4) o encontro da primeira ronda do ATP 250 de Winston-Salem, em 2015. Todos os encontros foram disputados em piso rápido.

Em caso de vitória, o pupilo de Frederico Marques chegará pela quinta vez na carreira à segunda eliminatória (fê-lo em 2013, 2015, 2016 e 2017). Os possíveis adversários nessa ronda são Bradley Klahn, dos Estados Unidos da América, e Alex de Minaur, o australiano que é o 21.º cabeça de série.

O melhor tenista português de todos os tempos caiu no mesmo quarto do quadro que Kei Nishikori, Daniil Medvedev e… Rafael Nadal, o campeão em título e recordista absoluto em Paris (onde já venceu por 11 vezes).

Última atualização às 18h52.

Total
12
Shares
Total
12
Share