Grigor Dimitrov ultrapassa fase de qualificação do ATP 250 de Genebra

Fotografia: FFT

Depois de ter surpreendido ao receber um wild card para disputar um qualifying de um torneio profissional pela primeira vez em cerca de oito anos, Grigor Dimitrov começou de forma positiva a sua campanha no ATP 250 de Genebra ao “furar” a fase de qualificação.

Atualmente fixado no 48.º lugar, o campeão do Nitto ATP Finals de 2017 tem estado aquém das expetativas na presente temporada e decidiu por isso ir a jogo esta semana, em Genebra. Porém, por se ter inscrito já fora do prazo, Dimitrov precisava de um convite, que a organização acabou por lhe atribuir para a fase prévia.

Sem estar incomodado pelo sucedido, o búlgaro, que tem estado sob orientação de Andre Agassi, confirmou as suas credenciais de primeiro favorito do qualifying e de antigo número três mundial e somou duas vitórias em sets diretos: 6-4 e 6-3 contra o tenista da casa Marc-Andrea Huesler (276.º ATP) e 7-5 e 6-3 frente ao sétimo pré-designado, o italiano Thomas Fabbiano (100.º).

Agora, Grigor Dimitrov, que foi afastado logo na primeira ronda dos Masters 1000 de Madrid e Roma, procura triunfar num quadro principal pela primeira vez desde que chegou aos oitavos de final no ATP 500 de Barcelona quando medir forças com o argentino Federico Delbonis (78.º) amanhã, segunda-feira.

Avatar
Natural da Ilha do Pico, Açores. Estudante do 3.º ano do curso de Direito da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. Amante e seguidor de ténis desde a adolescência.