Nadal continua a passear em Roma e volta a cruzar caminhos com Tsitsipas

Fotografia: Peter Staples/ATP Tour

Pela segunda semana consecutiva, Rafael Nadal e Stefanos Tsitsipas vão estar frente a frente para discutirem um lugar na final de um ATP Masters 1000. Primeiro aconteceu em Madrid e agora em Roma, com o desenrolar da jornada desta sexta-feira a fazer antever que os dois vão chegar bem frescos ao duelo.

À procura do primeiro título em terra batida na presente temporada — é a primeira vez que chega a Roma sem troféus desde que os começou a levantar, no ano de 2004 —, o maiorquino levou a melhor num duelo entre compatriotas, colegas de seleção na Taça Davis e amigos, ao derrotar Fernando Verdasco por 6-4 e 6-0.

Se começou equilibrada, a partida deixou de ter história a partir do nono jogo, quando Nadal — campeão em Roma em oito ocasiões e finalista noutras duas — salvou três break points consecutivos (já tinha estado com um break de desvantagem) para chegar ao 5-4. Esse jogo colocou um ponto final nas aspirações de Verdasco, que na jornada anterior passou quase cinco horas em campo e acusou o desgaste.

A 17.ª vitória em 20 encontros frente a Fernando Verdasco vale a Rafael Nadal passagem às meias-finais de um torneio pela sexta vez: foi finalista no Australian Open e semifinalista em Indian Wells, Monte Carlo, Barcelona e Madrid. E agora é hora da desforra frente a um bem descansado Stefanos Tsitsipas, que não teve de jogar para seguir em frente e que há uma semana o derrotou pela primeira vez para chegar à primeira final da carreira em ATP Masters 1000 disputados no pó de tijolo.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a histórias, a recordes. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais — por isso depois chegaram o padel, o ténis de mesa e o squash. E assim cá estamos, no Raquetc ("raquetecétera"). Como escreveu Pessoa, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."