Ex-top 60 Facundo Bagnis completa meias-finais do Lisboa Belém Open

Fotografia: Beatriz Ruivo/Lisboa Belém Open

Aos 29 anos, Facundo Bagnis está pela primeira vez em Portugal. E a verdade é que se está a dar muito bem por terras lusitanas: uma semana depois de ter terminado o Braga Open como vice-campeão, apurou-se para as meias-finais do Lisboa Belém Open.

O tenista argentino é o número 144 do ranking ATP mas nos finais de 2016 chegou ao 55.º posto, razões que o faziam partir como favorito para o duelo desta sexta-feira, frente ao espanhol Mario Vilella Martinez. Ora, Facundo Bagnis precisou de apenas 70 minutos para confirmar esse favoritismo, vencendo por tranquilos 6-2 e 6-3 num encontro em que não cedeu por uma única vez o serviço.

Radiante com a experiência que está a viver no nosso país, o jogador nascido em Rosário, mas que reside em Buenos Aires, aponta agora para o encontro frente a Lorenzo Giustino, que nunca defrontou. O italiano chegou às meias-finais graças ao triunfo por 7-5, 3-6 e 6-2 perante Sandro Ehrat, suíço que na última passagem por Portugal tinha ganho dois títulos ITF consecutivos (em Faro e Loulé).

Meias-finais de singulares do Lisboa Belém Open 2019:

[11] Lorenzo Giustino (ITA) vs. [10] Facundo Bagnis (ARG)
[7] Pedro Martinez (ESP) vs. [2] Roberto Carballes Baena (ESP)

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a histórias, a recordes. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais — por isso depois chegaram o padel, o ténis de mesa e o squash. E assim cá estamos, no Raquetc ("raquetecétera"). Como escreveu Pessoa, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."