Sandro Ehrat não se cansa de vencer em Portugal e já está nos quartos de final

Fotografia: Beatriz Ruivo/Lisboa Belém Open

Campeão em Faro.
Campeão em Loulé.
Quartofinalista em Lisboa.

Sandro Ehrat não se cansa de vencer em solo português e na tarde desta quinta-feira carimbou o apuramento para os quartos de final do Lisboa Belém Open, o Challenger ATP que é o maior torneio do concelho lisboeta.

Dois meses depois de ter completado duas semanas perfeitas nos dois ITFs que disputou na região algarvia, o suíço está a dar-se bem nos courts do CIF — Club Internacional de Foot-Ball e esta quinta-feira venceu o credenciado Steve Darics por 6-2 e 6-4.

Atual número 473 do mundo, Ehrat esteve sempre no comando do encontro e só não fechou a contenda mais cedo porque tremeu na primeira vez em que foi chamado a fechá-la, acabando por ceder o serviço perante um tenista belga que esteve longe do rendimento apresentado na jornada anterior, quando deu a volta ao primeiro cabeça de série e número 50 do mundo, Adrian Mannarino.

Com este triunfo, o 13.º consecutivo em solo português, Sandro Ehrat marca encontro com o italiano Lorenzo Giustino, o 11.º pré-designado que deixou pelo caminho o sexto, Bjorn Fratangelo, em duas partidas (6-4, 2-6 e 6-2).

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a histórias, a recordes. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais — por isso depois chegaram o padel, o ténis de mesa e o squash. E assim cá estamos, no Raquetc ("raquetecétera"). Como escreveu Pessoa, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."