Roger Federer salva match points e ultrapassa jornada dupla no Masters 1000 de Roma

Seis horas depois de derrotar João Sousa, Roger Federer somou mais uma vitória. Esta com contornos bem mais dramáticos, e fechada apenas no tie-break do terceiro set, para avançar aos quartos de final do Internazionali BNL d’Italia — um dos dois ATP Masters 1000 que nunca venceu.

Se na primeira ocasião alinhou uma exibição praticamente perfeita para afastar o número um português João Sousa, na segunda — já bem mais desgastado — teve de encontrar energias suplementares para ultrapassar Borna Coric, por 2-6, 6-4 e 7-6(7).

A vitória sorriu-lhe ao cabo de 2h33 de um encontro animado, que levou o Grandstand do Foro Itálico à loucura, e que minutos antes poderia ter sorrido ao adversário, caso o croata tivesse concretizado um dos dois match points consecutivos de que dispôs já no tie-break.

Muito longe da eficácia que apresentou na parte da manhã, Federer terminou o encontro com 57% de primeiros serviços colocados e apenas 63% desses pontos ganhos, números muito baixos quando comparados com a maioria das suas exibições e que ajudam a explicar as dificuldades que o número três mundial sentiu ao longo de todo o encontro — em que até perdeu os dois primeiros jogos de serviço.

Borna Coric, que se tem revelado um verdadeiro especialista sempre que é chamado a terceiras partidas, irá certamente lamentar as (enormes) oportunidades desperdiçadas mas tem razões para sair de Roma satisfeito pelo nível de ténis que apresentou ao longo dos últimos dias.

O próximo adversário de Roger Federer — naqueles que são os segundos quartos de final que disputa em terra batida este ano, depois de ter desperdiçado pontos de encontro frente a Dominic Thiem em Madrid — sairá do encontro entre Stefanos Tsitsipas e a grande figura da casa, Fabio Fognini.

Jornadas duplas enfrentadas por Roger Federer:

— 2004 Gstaad: ganhou o torneio
— 2004 Toronto: ganhou o torneio
— 2018 Cincinnati: terminou como vice-campeão
— 2019 Rome: está nos quartos de final

Última atualização às 19h25.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a histórias, a recordes. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais — por isso depois chegaram o padel, o ténis de mesa e o squash. E assim cá estamos, no Raquetc ("raquetecétera"). Como escreveu Pessoa, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."