Gastão Elias desiste lesionado na segunda ronda do Lisboa Belém Open

Fotografia: Beatriz Ruivo/Lisboa Belém Open

LISBOA — O azar continua a bater à porta de Gastão Elias. Um ano depois de falhar o Lisboa Belém Open devido a lesão, o tenista português estava finalmente a desenhar uma boa campanha no CIF quando se lesionou na perna direita, vendo-se forçado a desistir em plena batalha frente a um jogador do top 100 mundial.

O adversário desta terça-feira era Guido Andreozzi (98.º), tenista argentino que bem conhece — já se tinham defrontado em quatro ocasiões, com três vitórias a favor do português —, e se o encontro não começou nada bem para o jogador da casa as coisas estavam a compor-se quando na tentativa de chegar a uma bola com um slice de direita esticou a perna em demasia e acabou por se lesionar na coxa esquerda.

No momento em que se lesionou, Gastão Elias liderava pela primeira vez o encontro: o marcador do Estádio CIF apontava 1-6, 6-4 e 1-0 a favor do tenista português de 28 anos, que mais do que o resultado tinha o ascendente do encontro a seu favor.

A desistência de Gastão Elias deixa o Lisboa Belém Open com apenas três representantes portugueses em prova na variante de singulares e todos eles vão a jogo na quarta-feira: Frederico Silva defronta Pedro Martinez (sétimo cabeça de série), Pedro Sousa (quarto pré-designado, ainda em dúvida) estreia-se contra Roberto Marcora e João Domingues (15.º favorito e recém-campeão do Braga Open) disputa o primeiro encontro contra Mario Vilella Martinez.

Em atualização.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a histórias, a recordes. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais — por isso depois chegaram o padel, o ténis de mesa e o squash. E assim cá estamos, no Raquetc ("raquetecétera"). Como escreveu Pessoa, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."