João Sousa entra em ação no Masters de Roma já esta segunda-feira

Millennium Estoril Open

Concluída a participação no ATP Masters 1000 de Madrid, onde não foi além da primeira ronda em singulares (travado pelo lucky loser Adrian Mannarino, entretanto galardoado com wild card para o Lisboa Belém Open) e atingiu as meias-finais na variante de pares (uniu-se com Guido Pella), João Sousa já aterrou na ‘Cidade Eterna’.

O tenista luso entra em ação já esta segunda-feira, onde repete a parceria com o espanhol Pablo Carreño Busta, com quem atingiu o maior feito português em pares — neste mesmo Foro Italico, há um ano, a parelha luso-castelhana ergueu o troféu de vice-campeã.

A dupla adversária é composta por Matwe Middelkoop, veterano holandês especialista nesta variante, e por Gilles Simon, experiente tenista gaulês. O encontro terá como palco o Court 4 deste complexo romano, e terá início por volta das 16h30 de Portugal Continental.

Caso a vitória seja favorável à dupla do português, João Sousa carimba o acesso à segunda ronda do quadro de pares do ATP Masters 1000 de Roma, tendo como próximos adversários os vencedores do duelo entre Raven Klaasen/Michael Venus e Alexander e Mischa Zverev.

De salientar que João Sousa atingiu esta segunda-feira a melhor posição no que à vertente de pares diz respeito, surgindo na nova atualização do ranking ATP como 26.º classificado mundial.

Em singulares, a estreia está marcada para terça-feira, jornada em que o número um nacional enfrenta o norte-americano Frances Tiafoe por um lugar na segunda eliminatória, onde está à espera nada mais, nada menos do que o suíço Roger Federer.

Daniel Basto
Colaborou com o Raquetc entre março e agosto de 2019.