Gonçalo Oliveira cai na estreia no Challenger de Shymkent

Gonçalo Oliveira ,

Não correu bem a participação de Gonçalo Oliveira (259.º) na variante individual do Challenger de Shymkent, com o jogador portuense a ser derrotado logo ao seu primeiro encontro do torneio cazaque.

Sétimo cabeça de série do evento que se joga sobre terra batida e distribui 54.160 dólares em prémios monetários, o filho e pupilo de Abílio Oliveira até começou bem o encontro com a conquista do primeiro set mas não foi capaz de manter o ascendente nos parciais seguintes e tal acabou então por ditar um desaire por 5-7, 6-3 e 6-4, em duas horas e 51 minutos de batalha, face ao russo Ivan Gakhov (374.º ATP).

Arredado desde já da competição de singulares, o tenista português de 24 anos centra agora em exclusivo as suas atenções na vertente de pares, na qual defende o estatuto de primeiro pré-designado em conjunto com o bielorrusso Andrei Vasilevski.

Avatar
Natural da Ilha do Pico, Açores. Estudante do 3.º ano do curso de Direito da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. Amante e seguidor de ténis desde a adolescência.