Matilde Jorge conquista título de pares em Espanha

Fotografia: Cirilo Vale

Foi mais uma semana positiva esta para os nossos tenistas juniores em torneios do circuito internacional da categoria. O principal destaque da semana foi Matilde Jorge, que se sagrou campeã de pares do Grade 5 de Telde.

A formar parceria inédita com a britânica Eleanor Baglow, com quem defendia o estatuto de principal candidata ao título, a jovem vimaranense de apenas 14 anos até teve um percurso duro rumo à final (das três vitórias, duas foram em sets diretos) mas acabou por prevalecer sempre nos matchtiebreaks.

A decisão não foi diferente, com Jorge e Baglow a derrotarem as segundas cabeças de série, a espanhola Maria Bandera e a russa Maria Dzemeshkevich, pelos parciais de 6-7(4), 6-4 e 10-8. Note-se que este é o terceiro título de pares da carreira e segundo temporada para a irmã nova de Francisca Jorge, ela que já havia conquistado o Grade 4 de Argel (Argélia).

Nos singulares, Matilde Jorge (484.ª do ranking de sub-18) era a primeira pré-designada e começou com dois triunfos (6-4 e 7-5 à espanhola Tabatha Suarez e 6-4 e 6-3 contra a francesa Clara Mansart — 2635.ª) antes de ceder nos quartos de final, por 7-6(4) e 7-5, diante da oitava candidata ao título, a espanhola Gloria Piqueras (1205.ª).

Já em Gaborone, no Botswana, Henrique Petiz (1838.º) esteve em destaque no Grade 5 local. Depois de passar o qualifying (6-4 e 6-2 sobre o sul-africano Marshall Hulett e 6-3 e 7-6(1) contra o sul-africano Stevyn Dippenaar — 1945.º), o tenista luso de 16 anos de idade bateu o atleta local Silas Charama (1783.º) por 6-3 e 6-1 e o oitavo cabeça de série, o sul-africano Connor Kruger (1012.º), por 6-1 e 6-3 para chegar aos quartos de final.

No top-8, Petiz, que já vinha de quatro triunfos consecutivos em sets diretos, acabou por ceder perante Ethan Sibanda, do Zimbabué e número 967 da hierarquia mundial de juniores, em três partidas, por 6-4, 1-6 e 6-1.

Também no continente africano estiveram em competição André Bandeira, Arthur Dussaubat e Madalena Peneda (2571.ª), que disputaram o Grade 5 de Abidã (Costa do Marfim). Os dois jogadores passaram pelo qualifying, sendo que o primeiro foi eliminado na última ronda e o outro conseguiu aceder ao quadro principal via fase de qualificação.

Na principal grelha de participantes, Dussaubat sucumbiu na estreia, por 6-2 e 6-2, ante o também qualifier belga Alessio Basile, ao passo que Peneda perdeu na segunda eliminatória (teve bye na primeira) pelos parciais de 7-6(3) e 6-4 perante a quarta favorita, a chinesa Yimei Zhao (1144.ª).

Avatar
Natural da Ilha do Pico, Açores. Estudante do 3.º ano do curso de Direito da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. Amante e seguidor de ténis desde a adolescência.