Tiago Apolónia e João Monteiro já só estão a uma vitória das medalhas no Mundial de Ténis de Mesa

Mais um dia, mais uma vitória para a dupla Tiago Apólonia e João Monteiro, que com o resultado desta quarta-feira em Budapeste, Hungria, se coloca a apenas um triunfo de garantir a primeira medalha da história para Portugal em Campeonatos do Mundo de Ténis de Mesa.

Os dois mesatenistas portugueses entraram a perder mas conseguiram recuperar rapidamente para derrotarem os húngaros Nandor Ecseki e Adam Szudi por 4-1 (9-11, 11-7, 11-2, 11-8 e 11-4) e assim garantirem um lugar nos quartos de final.

Os próximos adversários fazem antever muitas dificuldades: Apolónia e Monteiro vão estar frente a frente com os alemães Patrick Franziska (número 18 do ranking) e Timo Boll, atual quinto classificado e um dos melhores jogadores da história deste desporto.

Em caso de vitória, a dupla portuguesa conquistará a primeira medalha da história para Portugal em Campeonatos do Mundo, uma vez que não se joga o encontro de atribuição dos terceiro e quarto lugares.

Tiago Apolónia e João Monteiro são os únicos representantes portugueses ainda em prova na cidade de Budapeste, uma vez que também esta quarta-feira o próprio Apolónia e Marcos Freitas foram travados na terceira ronda do quadro principal de singulares.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a histórias, a recordes. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais — por isso depois chegaram o padel, o ténis de mesa e o squash. E assim cá estamos, no Raquetc ("raquetecétera"). Como escreveu Pessoa, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."