Afinal, a Hopman Cup pode não ter chegado ao fim

Há esperança para a mais popular das (poucas) competições internacionais que juntam estrelas de ambos os circuitos. Horas depois do fim da ligação com a Tennis Australia, que vai apostar na ATP Cup, a ITF veio a público afirmar que pretende manter a Hopman Cup “no ar”.

Porque a Tennis Australia mostrou vontade em terminar mais cedo o contrato, a ITF procura agora “um novo parceiro” para as próximas edições da Taça Hopman, que promete ser reformulada. A última edição do aconteceu no início da nova época e foi conquistada pelo duo suíço formado por Roger Federer e Belinda Bencic.

Na quarta-feira, o jornal Western Australia noticiou que a edição de 2019 teria mesmo sido a última da empolgante “competição amigável” criada em 1989, mas a resposta da Federação Internacional de Ténis deixa bem evidente a vontade de continuar a organizá-la… Numa nova cidade.

“Estamos em discussões com potenciais parceiros para decidirmos onde e quando é que organizaremos este torneio. Queremos manter a Hopman Cup viva”, reiterou David Haggerty, Presidente da ITF.

Já o diretor executivo, Kris Dent, acrescentou que “a ITF vai falar com os jogadores e outras partes interessadas na continuação” do torneio porque “é importante que os eventos internacionais com provas mistas, como a Hopman Cup, sejam protegidos.”