Pedro Sousa arredado à primeira do Challenger de Marbella

Fotografia: Brasil Open 2019

Já lá vão quatro meses desde a última vitória de Pedro Sousa (105.º) no circuito profissional. Sem vencer qualquer encontro na presente temporada, o número dois nacional tinha uma boa hipótese de inverter esse rumo no Challenger de Marbella, onde defendia o estatuto de quarto cabeça de série.

Tal não foi possível e o lisboeta está fora da prova espanhola depois de ceder perante o tenista da casa Carlos Taberner (307.º) por 6-3, 1-6 e 6-4, num encontro que se iniciou nesta terça-feira e apenas foi encerrado na presente jornada.

Numa série de nove encontros sem conhecer o sabor da vitória, o tenista do Centro de Alto Rendimento vai tentar já na próxima semana inverter esse rumo, desta vez no Challenger de Alicante.

Francisco Semedo
Licenciado em Turismo e a tirar Mestrado em Ciências da Comunicação, desde cedo se interessou pelo ténis. Começou aos 9 e desde então tem um olhar atento e constante de tudo o que se passa naquela que considera ser a melhor modalidade a todos os níveis.