Campeões à vista: Finais do Masters Veteranos Peugeot jogam-se este domingo

Finalistas do Masters Veteranos Peugeot 2019
Primeiros encontros de um dia recheado de troféus discutem-se a partir das 9h30.

É a reta final: concluída que está a segunda jornada, já falta pouco para se conhecerem os campeões da segunda edição do Masters Veteranos Peugeot. As 13 finais são jogadas este domingo no Complexo Desportivo do Jamor, em Oeiras.

Dos 52 encontros inicialmente previstos disputaram-se 39, porque muitos dos terceiros encontros de cada grupo deixaram de ter qualquer influência na classificação final (os dois melhores entre os quatro de cada grupo discutem o título, pelo que duas vitórias bastavam para garantirem um lugar na decisão).

Os finalistas:

O desenrolar dos últimos encontros da jornada deste sábado permitiu que aos já apurados Paulo Travassos, Jorge Almeida, Vítor Pereira, Luís Azevedo, Rui Marques, Magda Leal, Isaura Faria, Susana Marques, Célia Sá, Deolinda Duarte, Isabel Pinto, Silke Buss, Elisabetta Bortone e Isabel Cunha Eça se juntassem os restantes protagonistas das 13 finais:

Em +35, Manuela Borges derrotou Fátima Ferrer (7-6[4], 5-7 e 11-9) e Raquel Sousa Salgueiro (6-4 e 6-2) para se juntar a Silke Buss na final, que está marcada para as 9h30. Nos senhores, a discussão (10h30) vai ser disputada por Matthieu Garcia (que derrotou João Silva por 6-2 e 6-3) e Mauri Brito Gomez, que num duelo de irmãos venceu Miguel Brito Gomez por 6-4 e 6-3.

No escalão de +40 as finalistas (Magda Leal e Isaura Faria) já tinham sido apuradas e vão entrar em ação às 9h30. Assim que esse encontro terminar, João Marques (6-4 e 6-0 a Alexandre Sanches) e Luís Sousa Pinto (7-6[2], 5-7 e 10-7 perante David Coelho) discutem o título masculino.

Também Susana Marques e Célia Sá já tinham garantido um lugar na final (defrontam-se às 9h30), mas entretanto ficou a saber-se que Frederico Fauvelet e Nuno Delfino vão discutir o título masculino de +45. Curiosamente, os dois estiveram frente a frente este sábado e a desistência do segundo deu o apuramento ao primeiro, que tinha começado o dia com uma derrota (6-4, 4-6 e 10-6 para Henrique Assis, que depois perdeu frente a Guilherme Caldeira).

Em +50, situação semelhante: quando fizemos o primeiro ponto de situação Deolinda Duarte e Isabel Pinto estavam já entre as finalistas (9h30) e durante a tarde receberam a companhia de Emanuel Cadório (que superou Pedro Boanerges por 6-0 e 6-3) e Nuno Mota (passou por Pedro Martins com 7-5 e 7-6(5), que não jogarão antes das 10h30.

A final feminina de +55 coloca frente a frente Elisabetta Bortone e Ann Fernandes, que este sábado derrotou Anabela Carlos (6-4, 4-6 e 10-6) e Alice Santos (por 6-2 e 6-1), enquanto na decisão feminina estão Paulo Travassos e Jorge Almeida.

O título feminino de +60 será entregue ou a Isabel Cunha Eça ou Margarida Araújo, que a ela se juntou ao derrotar Teresa Simões (7-5 e 7-5) e Maria José Inácio (6-3 e 6-1). O elenco da outra final já era conhecido: Vítor Pereira e Luís Azevedo têm encontro marcado para não antes das 11h30.

A fechar a segunda edição do Masters Veteranos Peugeot, Rui Marques terá como adversário Mário Aleixo Santos, que superou Vinhas de Sousa por 7-6(4) e 7-6(4) para avançar. A final de domingo será a reedição do primeiro duelo deste sábado, ganho por Rui Marques (6-2 e 6-2).

Os quadros e resultados completos do Masters Veteranos Peugeot podem ser consultados na página da competição no Tietennis, parceiro tecnológico do Raquetc.

Fotografias da primeira jornada (da autoria de Fernando Correia):

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a recordes, a histórias. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais. Por isso depois chegaram o padel, o squash e o ténis de mesa. E assim cá estamos, no RAQUETC ("raquetecétera"). Como escreveu Fernando Pessoa nos anos 20, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."