Federer e Nadal vão voltar a jogar juntos na terceira edição da Laver Cup

Dois anos depois de o terem feito pela primeira vez, Roger Federer e Rafael Nadal vão voltar a unir esforços na Laver Cup. Agora em Genebra, a localidade suíça que foi escolhida para receber a terceira edição do torneio de exibição.

O reencontro está marcado para os dias 20, 21 e 22 de setembro e será uma espécie de reedição do que aconteceu em Praga no ano de 2017, quando pela primeira vez na história os arquirrivais Roger Federer e Rafael Nadal uniram esforços para darem ao conjunto europeu a vitória na edição inaugural — em 2018 o triunfo voltaria a repetir-se mas com Novak Djokovic como principal “convidado” de Federer.

Para já, não se sabe se o suíço de 37 anos (terá 38 à data do torneio) e o espanhol de 32 (terá 33) voltarão a jogar lado a lado num encontro de pares, dado que “apenas” foi confirmada a presença de ambos, mas é um cenário altamente provável dado o sucesso da edição de 2017 e as expetativas dos fãs.

É, no entanto, garantido que este é um enorme fator de motivação para a Equipa Europa, que comandada por Bjorn Borg reforça o favoritismo rumo a um possível terceiro título em três edições.

“Para um capitão não há nada melhor do que nomear quer o Roger Federer, quer o Rafael Nadal para a mesma equipa e neste caso a Laver Cup em Genebra. Contar com dois dos melhores jogadores e rivais que o ténis alguma vez viu é muito entusiasmante para o nosso desporto — e vai dar-nos grandes hipóteses de vencermos pela terceira vez consecutiva”, comentou o histórico ex-número 1 mundial e atual capitão da equipa, Borg.


Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a histórias, a recordes. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais — por isso depois chegaram o padel, o ténis de mesa e o squash. E assim cá estamos, no Raquetc ("raquetecétera"). Como escreveu Pessoa, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."