Jimmy Connors e o seu recorde de títulos: “Já existe um tenista perto dele…”

O norte-americano Jimmy Connors, antigo número 1 mundial e hoje com 66 anos de idade, é ainda o detentor do recorde de mais títulos na Era Open (109) e do maior número de vitórias em encontros ATP (1274).

No entanto, na sua visão, existe um jogador que ainda tem uma hipótese de alcançar esses recordes: Roger Federer. Em declarações ao Amazon Prime, que este ano se estreou a fazer a cobertura do US Open, Connors reconheceu que “existe um tenista perto dele [recorde]. Mas, como vocês dizem, ele já tem 37 anos de idade”, referindo-se, claro está, ao tenista suíço que, com os tais 37 anos de idade, é detentor de 98 títulos e de 1168 vitórias no circuito.

“Para mim, com 37 anos, se ele estiver em forma, com fome de vencer e se as distrações fora de court não se tornarem demasiado fortes, ele ainda tem a capacidade de jogar por mais um ano, certamente. Dois até, se ele quiser, ou talvez mais. Normalmente são as distrações de fora que nos apanham. O segredo é ser capaz de separar as duas coisas. É difícil de se fazer. Quando se está a jogar ténis, ter a capacidade de esquecer a família é complicado”, prosseguiu.

“Mas quando estás com a tua família, esquece o ténis. E isso é tão difícil como se for ao contrário. Era muito difícil. Para mim, demorou três anos depois de me casar e ter o meu filho a esclarecer esse aspeto na minha vida.”

Apesar de reconhecer que “gostaria que os 109 vivessem para sempre”, Jimmy Connors tem plena consciência de que algum dia o recorde vai cair nas mãos de outra pessoa. Mas, para o antigo vencedor de cinco títulos do U.S. Open, isso não acontecerá com alguém que “jogue apenas durante 10 anos. É preciso ter 20 anos de carreira.”

Daniel Sousa
Adepto do desporto em geral mas com especial carinho pela "bolinha saltitona". O bichinho surgiu ainda Rafael Nadal não tinha mangas e não mais saiu. Chegada a oportunidade do Raquetc, juntamente com a minha ambição de ser jornalista, foi fácil aceitar juntar-me à equipa.