Seleção portuguesa entra a ganhar no Campeonato do Mundo de Ténis de Praia

Um ano depois de ter obtido a sua melhor classificação de sempre, a seleção portuguesa regressou esta terça-feira ao Campeonato do Mundo por Equipas de Ténis de Praia. E fê-lo com uma vitória, garantindo desde já um lugar entre as 16 melhores equipas.

Com a Moldávia como primeira adversária neste Campeonato do Mundo que se volta a disputar em Moscovo, Manuela Cunha e Ana Catarina Alexandrino foram as primeiras a dar uma vitória a Portugal, ao derrotarem Stabislava Rumeanteva e Alexandra Zaicenco pelos parciais de 5-7, 7-6(0) e 6-3. A esse, seguiu-se o triunfo de Pedro Maio e Bruno Polónia perante Artiom Dolgopolli e Artur Tomartov, por 4-6, 6-2 e 6-0.

Desta forma ficou selado o apuramento para os oitavos de final, onde a seleção das quinas terá pela frente uma das grandes favoritas: a Rússia, que joga em casa e este ano defende o estatuto de quarta cabeça de série. Nas palavras de Manuela Cunha, jogadora e também capitã da equipa portuguesa, “vai ser um confronto extremamente difícil”, mas os jogadores lusos prometem dar o melhor para continuarem em prova.

Gaspar Ribeiro Lança
gasparlanca@raquetc.com | Dar palavras a um encontro de dois, três, quatro ou cinco sets, com ou sem tie-break. Dar palavras a histórias, a recordes. Dar ténis a todos aqueles que o queiram. E mais, sempre mais — por isso depois chegaram o padel, o ténis de mesa e o squash. E assim cá estamos, no Raquetc ("raquetecétera"). Como escreveu Pessoa, "primeiro estranha-se, depois entranha-se."